sexta-feira, 9 de março de 2012

QUEM É O INSENSATO E TOLO?


(Copilado do texto: “Insensatos não merecem crédito nem resposta”, escrito pelo Pr. João Brito Nogueira, e adaptado para este blog).

Existem vários adágios populares, dos quais se pode citar:
  • O que vem de baixo não me atinge.
  • Os cachorros latem, enquanto a carruagem passa. Etc...
Os insensatos e tolos são classificados por seus desequilíbrios emocionais. Materialmente são falidos por não saberem administrar suas finanças. Vivem como eternos pedintes, dependentes de dar golpes mendigando dinheiro emprestado. Moralmente são desacreditados, socialmente indesejados, profissionalmente desqualificados, medíocres e incompetentes.

Os tais não merecem respostas e nem a atenção do nosso precioso tempo, porque os mesmos não têm nada para perder. Gente que sabe que não são nada, cuja história de vida é caracterizada por derrotas, fracassos, insucessos, frustrações, negócios mal feitos e muitas confusões.

O conselho para todos que são alvo das investidas maldosas e caluniadoras de pessoas parvas, tolas, com características semelhantes a estas, é: INSENSATOS E TOLOS NÃO MERECEM CRÉDITO NEM RESPOSTA.

O que diz a Bíblia a respeito disso?
Eis alguns princípios bíblicos que nos mostram as razões pelas quais não se pode gastar tempo nem energias com pessoas tolas, insensatas, maldosas, inescrupulosas, mentirosas, caluniadoras e irresponsáveis:

Provérbios capítulo 10:
Versículo 10 – A boca do insensato o leva à ruína...
Versículo 14 – A boca do insensato é uma destruição iminente...
Versículo 18 – O insensato espalha a calúnia...
Versículo 23 – O tolo encontra prazer na má conduta...

Provérbios capítulo 12:
Versículo 18 – As palavras do insensato ferem como espada...

Provérbios capítulo 14:
Versículo 24 – A insensatez dos tolos produz apenas insensatez.
Versículo 16 – O tolo é impetuoso e irresponsável.

Provérbios capitulo 18:
Versículo 7 – A conversa do tolo é a sua desgraça, e seus lábios são uma armadilha para a sua alma.

A melhor maneira de tratarmos as mentiras espalhadas por parvos inconseqüentes, ou por tolos irresponsáveis ou por insensatos caluniadores, é não lhes dar valor, pois, pessoas destas espécies não têm nada a perder. E como bem disse Jesus Cristo: “NÃO DEVEMOS LANÇAR PÉROLAS A PORCOS”.

Não deis aos cães as coisas santas, nem deiteis aos porcos as vossas pérolas, não aconteça que as pisem com os pés e, voltando-se, vos despedacem. (Mateus 7:6)


Felicidades.

2 comentários:

  1. Oi Paulo, tudo bem?

    Gosto demais do livro de Provérbios. Há um conselho para cada dia do mês. Sao 31 capítulos e quem o lê pode colocar em dia cada conselho. Prov.18:7, nada mais é a constatacao do tolo. Ele se atrapalha com suas própria atrapalhadas. Só nao percebe quem é mais tolo ainda e quer se deixar apanhar...

    Abracos

    ResponderExcluir
  2. Não basta só gostar das coisas de Deus. Tem que fazer a sua vontade e andar em espírito e em verdade e não segundo a carne.

    ResponderExcluir