sábado, 24 de dezembro de 2016

A FACE OCULTA DO ESPÍRITO NATALINO




Na Mesopotâmia, 2.000 AC, havia um ritual cerimonial com oferendas a cada ano. Nesse ritual, dizem que os mortos se encontravam com um demônio chamado MARMADUKE, uma espécie de deus da Mesopotâmia.

Já em Roma, havia uma outra festa que comemoravam entre os dias 7 a 25 de dezembro, a qual se chamava SATURNÁLIA. Era uma festa banhada de orgia, sexo livre, glutonaria e bebedice. Nesse período, eles se confraternavam dizendo: “FELIZ SATURNALIS”.
Quando Constantino deu liberdade de culto aos cristãos, no ano 313 DC, foi ali que deu-se  a origem ao NATAL

Porém, curiosamente, o natal já existia como SATURNÁLIA.

Quando, diretamente, inseriram a festa de Saturnália no meio cristão, a comunidade cristã deu o grito da rejeição, não querendo praticá-la. Como a igreja católica queria inserir a Saturnália no meio cristão, decidiram mudar algumas coisas de forma enganosa:

·         Mudaram o nome;
·         Mudaram os personagens;
·         Mas mantiveram a essência, que é a glutonaria, a bebedice e a mentira.

Roma conseguiu enganar os cristãos criando uma imagem falsa sobre o NATAL. Eles fizeram uma junção das festas da Mesopotâmia, cujo demônio adorado era MARMADUKE,com a festa romana Saturnália, que celebrava o nascimento do “deus sol” – RÁ. 


RÁ - deus sol da Mesopotâmia.


RÁ - deus sol romano.


DEUS DA MESOPOTÂMIA e o DEUS ROMANO.
Observe a identificação entre os dois personagens dessa falsa religião: "O SOL sobre a cabeça".
O sol sobre a cabeça revela a identidade do personagem: "deuses do sol"


    No caso de Marmaduke, segundo a crença, ele apresentava-se na mitologia sobre figuras caninas, vindo supostamente daí a produção de diversos desenhos infantis de cachorros denominados marmaduke, conforme se vê abaixo:



O paganismo fez a junção dessas duas festas e imputando na fé cristã a ideia de que Jesus nasceu nesse dia, e como os católicos aceitaram sem nenhuma resistência, muitos cristãos também aderiram à aceitação.

Misteriosamente, o deus RÁ da mesopotâmia tinha um auxiliar que trabalhava no sentido de atrair as crianças. O seu nome era KRAMPUS, figura maligna que, segundo a tradição, sequestrava as crianças para leva-las para o deus sol (RÁ).


Ainda hoje, em alguns lugares, é celebrada anualmente uma cerimônia a esse demônio, que leva o nome de KRAMPUSNACHT (noite de krampus). Figura abaixo:


Essa junção ainda é mencionada na festa Krampusnacht (figura abaixo), cuja festividade é comemorada no dia 6 de dezembro, sendo que, o dia de NICOLAU é comemorado no dia 25/dezembro.



Devido a essas duas datas (6 e 25/dezembro), eles acordaram que a festa de Krampus e São Nicolau seria comemorada oficialmente no dia 25 de dezembro.  


Todo personagem central, que atrai grande massa de adeptos, tem auxiliares.

VAMOS VER O RESULTADO DESSA JUNÇÃO, NA VISÃO DA POPULAÇÃO PAGÃ. QUEM AUXILIA O VELHO NOEL? 

  • Duendes ou Gnomos.

QUEM SÃO ELES?  


  • EXÚS MIRINS - ou demônios. (Imagens abaixo):



Segundo a Bíblia, eles são capazes de transfigurarem-se em seres bonzinhos (conforme imagem abaixo).  E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz - 2 Coríntios 11:14.


Eles conquistam as crianças com estorinhas infantis: Sequestram-nas da realidade da vida para uma falsa visão de reino.




E quanto aquele a quem o chama de "papai" Noel?

PORQUE CHAMÁ-LO DE “papai” NOEL?

Por que é a forma de blasfemar contra Deus: Mt. 23:9 “E a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus”.

Quem é ele?

Na tradição católica, esse "papai" Noel é na verdade o "santo" Nicolau de Mira, que foi um bispo grego do séc. IV D.C.  Era costume desse bispo dar presentes e ser uma pessoa bastante pacífica e amigável com as crianças.

Entre outros exemplos, podemos falar sobre a figura do "papai" Noel que, para os católicos de hoje, representa o altruísmo, a bondade e alegria que permeia a celebração do nascimento de Cristo. Contudo, poucos sabem de onde essa figura barbuda e rechonchuda surgiu! É justamente aí que as tradições religiosas pagãs nos indicam a origem do famoso e celebrado “bom velhinho”. 

Durante a Idade Média ele foi nomeado como "santo" da Igreja católica.

O dia de prestar homenagem ao "santo" Nicolau era 6 de dezembro, onde as crianças recebiam presentes. Contudo, para se adequar as festividades de 24 e 25 de dezembro, a Saturnália, que supostamente seria o dia do nascimento de Jesus Cristo, o Santo Nicolau passou a ser prestigiado também nessa nova data. Foi então que Santo Nicolau passou a ser conhecido como Santa Claus ou Papai Noel.

Sendo assim,

Quando você comemora o NATAL, você está festejando aos deuses pagãos "MARMADUQUE e RÁ".

E quando você chama o Nicolau de PAPAI NOEL, você está se sujeitando ao governo espiritual paterno católico, auxiliado pelos exus mirins, os duendes.

A BÍBLIA DIZ QUE NÓS, POVO DE DEUS, DEVEMOS ADORAR SOMENTE AO NOSSO DEUS, PORQUE ELE É O ÚNICO QUE PODE NOS AUXILIAR COM SEGURANÇA E PAZ, COMO ESTÁ ESCRITO:

"Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos." Salmos 91:11

Saudações a todos na Paz do Nosso Senhor Jesus Cristo.


sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

PAI NOSSO QUE ESTÁS NOS CÉUS,

VENHA O TEU REINO!

Resultado de imagem para homofobia

         STF suspende lei e permite protestos contra o cristianismo


Uma lei que proibia manifestações públicas que afrontassem a fé cristã foi suspensa pelo ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), no município de Novo Gama, em Goiás.

///////////////////////////////////////////


Ontem, conversando com minha irmã Edna Barreiros, eu disse que não me atrevo orar a Deus para uma melhoria na nação brasileira, visto que ela tem seguido um caminho de ladeira abaixo. E o pior ainda está por vir! E virá!

Vivemos um período de escuridão espiritual, a era da apostasia, e a igreja é a única responsável para fazer resplandecer a luz. Ela é o luzeiro do mundo. Por isso, tenho pressa em cumprir o meu chamado e realizar a Obra a qual estou destinado. Porém, quanto à nação, ela se afundará cada vez mais. Por quê? Porque a Nova Ordem Mundial deverá vir. E antes que se manifeste o governo do anticristo, a Noiva do Cordeiro, a Igreja imaculada e ataviada para o noivo, será arrebatada entre nuvens para o encontro do seu noivo.

Então, minha oração não é para que venha paz e harmonia e felicidade para a nação brasileira, mas para que venha o REINO DE CRISTO - o MILÊNIO.

Não me contive em ler a reportagem divulgada pelo site do "Gospel Mais", e resolvi postar no meu blog, conforme se vê abaixo:

http://www.gospelgeral.com.br/index.php/2016/12/21/lei-que-proibia-protestos-contra-o-cristianismo-e-suspensa-pelo-stf/

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

TUDO MUDA 
QUANDO SE TEM UM ENCONTRO 
FACE A FACE COM CRISTO


1. ACONTECEU COM NICODEMOS – João 3:1-10. Podemos dizer que Nicodemos representa a classe de religiosos enganados, mas sinceros, que procuram a Cristo como Aquele que pode trazer uma resposta para os seus problemas. Mas, quando o buscam, encontram um Cristo compassivo e pronto para lhes mostrar o caminho da salvação. Sendo assim, Nicodemos procurava um mestre e encontrou um SALVADOR.

2. ACONTECEU COM A MULHER DE SAMARIA – João 4:5-30. Esse quadro representa o tipo de pecador indiferente e inconsciente. A mulher buscava água natural e acabou encontrando a ÁGUA DA VIDA. Se não possuímos o conhecimento claro da adoração, sempre nos depararemos com a Fonte da Água da Vida nos oferecendo um copo de VIDA ABUNDANTE.

3. ACONTECEU COM O JOVEM RICO – Marcos 10:17-22. Esse é o tipo do quadro que representa aqueles que desejam a salvação, mas não querem render-se por completo à Cristo. Preferem buscar mais os bens deste mundo, e acabam perdendo os bens eternos.

4. ACONTECEU COM SIMÃO, O FARISEU – Lucas 7:36-46. Já esse quadro representa aqueles que desejam prestar favores a Cristo, como quem busca fazer uma espécie de barganha, troca de favores: “Eu lhe presto favores e o Senhor me abençoa”, porém, não querem dar a Ele o seus corações. Pensam que a religião é apenas uma mera função social. Julgam-se grandes, mas sempre chegará o momento em que serão obrigados a reconhecerem o quanto são pequenos!

5. ACONTECEU TAMBÉM COM O APÓSTOLO PEDRO – João 21:15-19. Esse é o tipo do verdadeiro crente que caiu, foi perdoado, mas que não se perdoa a si mesmo. Aprendeu bem a lição e a transmitiu aos outros.
Que maravilha! E que obra magnífica se opera, quando o Espírito Santo nos traz face a face com o Nosso Senhor Jesus Cristo!

Portanto, analise bem o seu estado de vida cristã e procure ver em que quadro acima você parece estar. Ainda há tempo para mudanças!

Por que...
“TUDO MUDA QUANDO SE TEM UM ENCONTRO FACE A FACE COM CRISTO”

Felicidades, e que o Senhor Jesus te abençoe!

Paz!

domingo, 5 de junho de 2016

“SUBMISSÃO GERA BÊNÇÃO”

 

(2 Reis 5:5) – (2 Reis 5:20-27)

Não somos diferentes das demais pessoas, quando se trata em alcançar algo na vida, mesmo que os meios sejam ilícitos.
Será que valeria a pena conseguir o que desejamos a todo custo, sujeitando-nos aos meios ilícitos? 
Muitos dizem que correriam o risco, pois, dependendo dos meios utilizados ilicitamente, a perda seria pequena mediante o almejado.
Mas, vamos refletir na história de Geazi e veremos se realmente vale correr o risco. Ok?
Depois de Naamã ter ido embora, Geazi decidiu correr atrás dele sem que o profeta Eliseu soubesse.
Quando Geazi alcançou Naamã, sabe o que Geazi disse? Utilizou os meios ilícitos, a mentira.
·         Disse Geazi: ‘Eliseu me mandou dizer que dois visitantes acabaram de chegar. Ele gostaria que o senhor lhe entregasse duas peças de roupa para ele dar a esses homens.’
Primeira mentira! Geazi inventou essa história sobre os dois visitantes. Ele fez isso porque desejava muito aquelas roupas que Naamã queria dar a Eliseu. Claro que Naamã não sabia de nada. Por isso, ele ficou feliz em entregar os presentes a Geazi. Naamã até mesmo deu a Geazi mais do ele pediu. 

Diz um dito popular que “mentira tem pernas curtas”.
Quando Geazi voltou para casa, Eliseu perguntou: ‘Onde você foi?’
Resposta de Geazi: ‘Ah, eu não fui a lugar nenhum’.
Mas Deus revelou a Eliseu o que Geazi tinha feito. Assim, Eliseu disse: ‘Este não é o momento de aceitar dinheiro e roupas!’
Qual foi o erro de Geazi?
Vamos ver algo que era comum na cultura daquela época. Naamã levou presentes como ato de gratidão, caso recebesse a cura. Então, não havia mal algum em o profeta aceitar os presentes de Naamã. Na verdade, teoricamente Naamã estava cumprindo um princípio espiritual: Honrando ao profeta que ministrou sobre sua vida.
·         O erro de Geazi foi aceitar algo que seu líder espiritual havia rejeitado.
Geazi era uma espécie de aluno na maior escola de profetas do mundo. Assim como Eliseu aprendeu com o profeta Elias e recebeu a capa de Elias, como aluno exemplar, dedicado e sujeito à autoridade do profeta que o discipulava, assim Eliseu procederia com Geazi transferindo para ele a capa de Elias. Legado de autoridade ministerial.
Qualquer pessoa que reclama de uma autoridade espiritual afirmando incompatibilidade de pensamento, seja qual for o argumento, precisa entender que o problema está nela e não no profeta.
·         Geazi precisava aprender a estar debaixo de autoridade.
·         Geazi era discípulo, mas possuía um espírito de rebeldia. Ele se achava autossuficiente.
Segunda mentira:  Perguntou-lhe Eliseu: Donde vens, Geazi? E ele disse: Teu servo não foi a lugar algum.
 
Não importa o tamanho da mentira, grande ou pequena, de fundo desastroso ou não, sempre será mentira, e Deus a abominará.
Consequências sobrevindas sobre Geazi:
·         “Portanto, a lepra de Naamã se apegará a você e aos seus descendentes para sempre.” Então Geazi saiu da presença dele leproso, branco como a neve. (v.27)
Ser filho de Deus é comprometedor:
Ser filho não deve ser apenas uma decisão deliberada e superficial. Ser filho é estar debaixo do mesmo manto. Debaixo da autoridade espiritual.
PERGUNTO: Você deixaria de lado as coisas mais importantes da sua vida para estar com Cristo?
Deus não nos chamou apenas para acreditarmos em Cristo, mas para estarmos EM CRISTO, sujeitos a Ele; subordinados a Ele; entregues a Ele, TODO DIA – dia após dia.
TODA BÊNÇÃO É GERADA NA SUJEIÇÃO E OBEDIÊNCIA. MESMO QUE VOCÊ NÃO CONCORDE, SUJEITE-SE! A VITÓRIA VIRÁ.

Se Geazi tivesse sido sujeito à autoridade espiritual do profeta Eliseu, ele não teria corrido atrás daquilo que o profeta havia rejeitado, e o seu futuro teria tido outro fim na história.
Pense nisso! E  que o Senhor Jesus te abençoe!

sábado, 28 de maio de 2016

 VIDA EDIFICADA NA ROCHA


Lc 6:46-48 = “Por que vocês me chamam ‘Senhor, Senhor’ e não fazem o que eu digo? (47) Eu lhes mostrarei com quem se compara aquele que vem a mim, ouve as minhas palavras e as pratica.
(48) É como um homem que, ao construir uma casa, cavou fundo e colocou os alicerces na rocha. Quando veio a inundação, a torrente deu contra aquela casa, mas não a conseguiu abalar, porque estava bem construída.”

Jesus usou essa ilustração para ensinar o significado de uma família cristã em obediência à Palavra:
·         “É como o homem que, ao construir uma casa, cavou fundo e colocou os alicerces na rocha” (Lucas 6:48). Isso é visão de Reino, maturidade e prudência.
·         Obediência é estar em conformidade com a Palavra. “Porque me chamam de Senhor, e não fazem o que eu digo?” Particularmente compreendo que o caso aqui não é confiar em Jesus, mas é submeter-se a Ele.

UM BOM EXEMPLO: “NÃO SE COLHE FIGOS DE ESPINHEIROS...”
Pouco antes, Jesus disse essa frase: Não se colhe figos de ESPINHEIROS.
·         Palavras derivadas de espinheiro: Espinhar, ferir, produzir forma espinhada, irritabilidade, contendas.

Quando um ramo está firmemente integrado no tronco da FIGUEIRA, os frutos nunca serão de espinhos:
·         Isso quer dizer que: Quando os pais estão firmados e integrados em Cristo, os filhos não terão variação: SERÃO FIGOS.

De igual modo, a família que se diz cristã e apresenta uma conduta estranha ao Espírito de Cristo, o que receberá do Senhor é a triste sentença: “Nunca vos conheci!”
·         Para Jesus, ser cristão é submeter-se a ELE, é viver em conformidade com a PALAVRA DELE.

Quando Jesus fez a ilustração do construtor da casa, antes de se referir à colocação dos alicerces, Jesus deixou o processo bem explícito: “CAVOU FUNDO”. É PRECISO MUITA DEDICAÇÃO.
·         Nesse sentido, entendo que o Senhor Jesus condenou toda e qualquer superficialidade na vida cristã. Não fomos chamados para uma vida de aparências, tem que ter essência, frutos de justiça.
·         Geralmente se conhece um religioso pela sua aparência. Mas o cidadão do céu é conhecido apenas pelos frutos de justiça.

E por fim:

LEMBREMO-NOS DA PROMESSA DE DEUS A ABRAÃO: Em ti serão benditas todas as famílias da terra. (Gênesis 28:14).

Famílias abençoadas são aquelas que “ouvem a Palavra e a praticam” em casa.
E porque a praticam, tem SEGURANÇA, estão alicerçados na “ROCHA”.

LUGAR DA FAMÍLIA É NO ALTAR

Não se deixe levar por qualquer tipo de doutrina.
Neste mundo de tribulação é necessário CAVAR FUNDO e construir ALICERCE, que é CRISTO na família.

Pense nisso!

Felicidades!

quarta-feira, 18 de maio de 2016

A FAMÍLIA FORTALECENDO-SE NA PRÁTICA DA PALAVRA DE DEUS


Dt 6:6,7 – Guardando a Palavra no coração
                 e aprendendo em casa.

O ensino de conteúdos bíblicos deve estar obrigatoriamente acompanhando a formação da moral da família cristã. E a melhor maneira de formar o caráter dos filhos é ensinar com a própria experiência cristã.

1)- O cristão, como sal da terra e luz do mundo, não assume em seu favor valores da sociedade mundana rebelada contra Deus.

A família que não é bem definida, os filhos podem ficar com problemas no comportamento moral e ético. Significa que os filhos ficam presos em alguma área da cadeia de rebeldia.
·         Isso significa que os filhos passam a viver o MUNDO SEM A ÉTICA BÍBLICA.
·        
     Se o mundo jaz no maligno (1 Jo 5.19), Satanás reina sobre os ímpios. Ele é o pai de todos os que mentem e praticam o mal, imitando-o em suas obras malignas. E a tristeza para muitas famílias cristãs é que muitos dos filhos estão vivendo debaixo desse governo mundano.

2)- A falha da família em educar os filhos como cidadãos do céu é muito visível em nossos dias.

As famílias cristãs de hoje, têm falhado na educação de seus filhos. A razão é muito simples. A família de hoje vem desprezando sistematicamente os princípios morais, éticos e espirituais ensinados pela Palavra de Deus.

Nossos jovens recebem pouca ou nenhuma informação acerca do perigo que o pecado causa.

Sob o argumento de que os jovens de hoje seguem um ritmo de vida próprio, as famílias permitem que seus filhos sejam imorais, pois a própria família cristã de hoje contribui para a falta de moral e ética nos filhos.

3)- Os filhos aprendem com os pais. O aprendizado que os filhos recebem em casa permanece para sempre, seja mau ou bom.
·         
      Até o 6º ano de idade a criança recebe a formação da personalidade que vai segui-la por toda a sua vida.
·         
      E a partir dos 13 anos de idade começa a ser formada a sua identidade moral, ético e espiritual, que é a sua IDENTIDADE = modelo de vida. Se a criança não receber essa identidade no lar, ela vai buscar lá fora.
·         Dt 6:6,7 – Guardando a Palavra no coração e aprendendo em casa.

OBSERVAÇÃO: Muitos pais reclamam dos seus filhos, adjetivam os seus filhos como rebeldes. Mas quero dizer que os filhos não são o problema das famílias. Os filhos são os sintomas das famílias. Se eles não estão bem, é porque a família não está bem. É preciso rever a definição de família.

4)- O ENSINO DEVE VIR DE CASA: para isso, os pais devem estabelecer momentos com Deus e a família:

a)- Relacionando com os filhos: Uma família não é formada pelo casal, mas pelo casal e seus filhos.
b)- Cuidando da educação espiritual dos filhos: Os pais devem orar diariamente e estudar a Palavra em família. Essa prática irá demarcar o território de circulação dos filhos (como estacas de demarcação territorial).

CONCLUSÃO: 

A Palavra de Deus é um guia seguro e infalível para conduzir a família neste mundo perverso e corrompido.

A Igreja do Senhor Jesus Cristo é formada de pessoas que são “sal da terra” e “luz do mundo”. Portanto, as nossas famílias devem ser exemplos para a sociedade perversa e corrupta que está lá fora.

Pense nisso, e o que o SENHOR te abençoe.

segunda-feira, 9 de maio de 2016

A FUNÇÃO DA MÃE COMO ADJUNTORA
NA FAMÍLIA CRISTÃ


(Mensagem pregada no culto de ontem em comemoração ao Dia das Mães)


Texto chave: Josué 24:15...EU E MINHA CASA SERVIREMOS AO SENHOR

O que significa isso: Eu e minha casa?

Para compreendermos melhor, desenvolvi esta mensagem com base em Deuteronômios 5:7

Disse Deus: “NÃO” terás outros deuses diante de mim.

Quando Deus diz “NÃO”, sempre tem uma função específica.

E qual seria essa função? Qual é o princípio que eu extraio daqui?

Não terás outros deuses diante de Deus. O que o Senhor está dizendo?
Eu compreendo que o Senhor nosso Deus está a me dizer:
·         Eu quero TER o primeiro lugar na sua vida;
·         Eu quero ESTAR em primeiro lugar na sua vida;
·         Eu quero que a sua família me coloque em primeiro lugar.

Quando Deus diz: “Não terás outros deuses”, isso me leva a compreender que:
·         Qualquer coisa que me domina na vida, que controla a minha vida, se tornará um deus em mim.
·         Se o meu carro me controla, ele é um deus na minha vida.
·         Se uma pessoa me controla, ela pode se tornar um deus sobre mim.
·         Uma casa, um trabalho, por exemplo, se eu dou o primeiro lugar a essas coisas, elas serão deuses na minha vida.
·         ........e Deus disse: Eu não quero assim!

PERIGO IMINENTE: Eu conheço gente que endeusou tanto o marido, a esposa e os filhos, que os fizeram deuses.

Vou citar apenas dois casos:

Fui pastor de duas famílias que eram bênçãos. A primeira orou muito para conseguir um carro. Mas parece que Deus não queria que aquela família possuísse um carro, pelo menos até aquele presente momento. Mas a insistência em orar e o esforço foi tanto que acabaram por comprar o bendito carro. De repente, começaram a faltar nas Escolas Bíblicas. Por quê? Porque, nos finais de semana passaram a frequentar praia. Depois começaram a faltar em outros cultos, porque aproveitavam os dias de folgas do marido pra passearem nas roças e visitar parentes.

Conclusão: Essa família saiu da igreja.

            O segundo caso é mais sério ainda: Essa segunda família era ainda melhor, como cristã. O irmão foi o meu vice-presidente na obra e não podia ser pai, pois era portador de uma deficiência genética que o impedia de ter filhos. Oraram muito, fizeram campanhas na igreja, jejuaram e pagaram um preço durante muito tempo. Certo dia aconteceu um milagre: a esposa engravidou-se. Maravilha! Mas os irmãos não souberam dar glórias a Deus! Passaram a ausentar-se todos os finais de semanas, porque iam para as pousadas praianas, queriam que o seu filho crescesse tendo tudo que o pai não teve na infância.         
Conclusão: O casal foi afastando-se da igreja pouco a pouco. Tive que substituir o meu vice presidente na diretoria. A criança tornou-se um grande deus nessa família. Hoje, essa família não está mais na presença de Deus.

Em todos esses casos, as mães não exerceram o papel principal de ADJUNTORAS. Deixaram de exercer a cobertura sobre os filhos, pois seguiram os planos dos maridos. Estavam dominadas pelo feitiço dos anseios da carne, esqueceram-se do futuro dos filhos e não ensinaram aos filhos corretamente. 

Quando Deus disse para NÃO termos outros deuses diante DELE, é porque esse NÃO, tem um objetivo divino.

No meu ministério, na igreja que pastoreio, temos um fundamento do qual não poderemos esquivar-nos: “Somos uma Igreja viva, servindo ao Deus Vivo”.

Isso quer dizer:
·         Deus em primeiro lugar, caso contrário, a casa desmorona.

Hoje em dia, as famílias se desmoronam porque são construídas sobre alicerces errados. Nesse caso, Deus NÃO está em primeiro lugar:

TODA MÃE CRISTÃ DEVE VIVER EM ORAÇÃO, ELA É A ALAVANCA DESSA TAREFA:

Como pode uma família pedir algo de Deus, se não o coloca em primeiro lugar?

Deus disse: “Eu quero estar em primeiro lugar”, mas você diz: Peraí Deus! Hoje estou muito cansada, chega pra lá! Você é Deus e tens que compreender isso.

Onde Deus está em primeiro lugar?

Por que um em cada três casamentos acaba em divórcio no nosso país? Porque Deus não está em primeiro lugar nesse relacionamento. Então, os filhos sofrerão.

FINALIZANDO

Uma mãe bem estruturada na Palavra de Deus será cobertura espiritual para a sua família. Sendo assim, Deus é a coluna de sustentação dessa mãe no serviço cristão da sua casa.